//
post
Geral

Qual é o futuro da literatura?

O livro impresso vai acabar? A narrativa ganhará novos contornos? A literatura conseguirá sobreviver aos novos tempos tecnológicos? Ainda há espaço para a crítica literária? O que diferencia o escritor da nova era? Essas e outras questões são a tônica do Oi Cabeça, evento promovido pela Oi Futuro até dezembro, no Rio de Janeiro,  que reúne intelectuais do mundo todo para discutir o futuro da literatura, diante do avanço das novas mídias.

Sob a curadoria das professoras Heloísa Buarque de Hollanda e Cristiane Costa, o evento reúne intelectuais como o filósofo tunisiano Pierre Lévy, a pesquisadora americana Janet Murray e o artista brasileiro Gilberto Gil. Entre os temas abordados estão: “realidade aumentada”, “o poder da palavra na cibercultura” e “os novos gêneros e-literários”.

Segundo Cristiane Costa, o Oi Cabeça tem como objetivo levantar questões importantes para a decifração dos rumos da literatura. “Pretendemos produzir um diálogo entre pensadores internacionais de ponta e criadores nacionais em busca de algumas respostas à pergunta: até onde pode ir a literatura antes de se tornar uma nova arte, baseada num novo suporte?”, diz Costa.

Heloísa Buarque de Hollanda chama a atenção para o fato de que, na história da humanidade, seja comum que os novos movimentos e mudanças sejam encarados como ameaças à ordem vigente. “Agora, o livro é posto em questão. Decretará a internet o seu fim? Como das outras vezes, o tempo se encarregará de desmentir esta premissa?”, questiona. Para nós, que vivemos as dúvidas do período de transição, resta participar dos debates, com equilíbrio e espírito crítico.

Programação:

Realidade aumentada
Data: 20 de julho, às 19h30
Debatedores: Daniel Gelder (Metaio)
Rogério da Costa (Laboratório de Estudos em Inteligência Coletiva e Biopolíticas – PUC-SP)

O poder da palavra na cibercultura
Data: 25 de agosto, às 19h30
Debatedores: Pierre Lévy (Universidade de Ottawa Canadá)
Gilberto Gil (compositor e cantor)

Literatura expandida
Data: 21 de setembro, às 19h30
Debatedores: Janet Murray (Hamlet no Holodeck)
Cristiane Costa (Programa Avançado de Cultura Contemporânea – UFRJ)

Os novos gêneros e-literários
Data: 19 de outubro, às 19h30
Debatedores:  Robert Coover (ELO – Eletronic Literature Organization)
Giselle Beiguelman (Wop Art)

Personagens, estratégias narrativas e engajamento nos games
Data: 16 de novembro, às 19h30
Debatedores: Ian Bogost (MIT – Newsgames)
Arthur Protasio (Centro de Tecnologia e Sociedade da FGV-RJ)

Oi Futuro – Flamengo/RJ
Rua Dois de Dezembro, 63.
Tel.: 21 3131-3060
Entrada Franca (senhas distribuídas 30 minutos antes)

 

Fonte: Blog Acesso

Sobre projetolvh

Lá Vem História

Discussão

Um comentário sobre “Qual é o futuro da literatura?

  1. Discutir sobre os novos horizontes da literatura é fundamental,mas não acredito que os livros írão acabar.As novas tecnologias podem conviver muito bem com o nosso bom e velho livro de cada dia.

    Publicado por Elizabeth | 30/06/2011, 4:26 PM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s